CalendárioFAQBuscarInícioPortalMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 DCAT - 1ª Aula

Ir em baixo 
AutorMensagem
Steven G. Thompson
Professores
Professores
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 20/04/2012
Idade : 31

Histórico Bruxo.
Varinha: Bétula / 26 cm / Elástica / Escama Escarlate de Dragão
Animal de Estimação: Dentuço [ Dente-de-Víbora Peruano em miniatura ]
Galeões:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: DCAT - 1ª Aula   Ter Maio 01, 2012 9:07 pm

Aula de Defesa Contra as Artes das Trevas


Capitulo I - Lobisomens


Eu estaria andando tranquilamente pelos corredores do castelo,com minha cabeça baixa e uma estatura normal,não estaria dando bola para oque acontecesse ao meu redor,eu sigo adiante sem rumo somente um passeio típico de uma pessoa solitária.Ali mesmo logo um barulho de paços exuberados ao chão do local exuberariam ao meus ouvidos,então logo eu me deparo com Jass,a vice diretora da escola e atual namorada do meu pai,eu faço um aceno baixo a mesma sem olhar certamente a sua face,eu tento continuar em frente mais ali mesmo sou barrado pela mesma,eu tento não ressaltar algum estresse na quele momento,apesar de não gostar de me interagir diretamente com as pessoas eu dou atenção a ela,certamente naquele momento ela explicitaria a mim que eu seria responsável por substituir a professora de DCAT,pois a mesma não poderia comparecer ali por motivos pessoais,um pouco chocado com aquela história eu continuo em frente.Logo eu passo sobre a biblioteca,oque já me faz lembrar certamente da minha função,então eu adentro a mesma em busca do tal livro "Criatura das Trevas I ",passo de seção a seção a procura do tal livro,é quando eu me deparo com a coleção completa do mesmo,eu retiro somente o necessário pois provavelmente só iria habituar a está matéria uma vez.Eu saio da biblioteca com o tal livro sobre minha mão direita,encontro com alguns alunos pelos corredores os cumprimentando,mais meu rumo geral seria mesmo minha sala de aula,por decadência ainda faltavam alguns minutos para a aula,mais eu queria ter certeza de me rea-jeitar ao assunto da aula.
Logo eu me aproximaria da tal sala,aonde eu abriria a tal porta de madeira grosa da mesma,eu adentro a ela já dando de cara com o clima da sala,um local silencioso e escuro,eu dou alguns paços em direção a tal mesa localizada ao final da sala,aonde eu jogo ao tal livro sobre minha mão a mesa,eu de certo fato pego um giz e começo a escrever certos fatos de meu conhecimento sobre o quadro negro situado ao lado de minha mesa.

Citação :
O lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.

apos de escrever um resumo sobre os assuntos que seriam abordados na aula eu me sento a tal cadeira de madeira situada ali apos a mesa,pegando ao tal livro o abrindo dentre o primeiro capitulo e permaneço lá lendo ao mesmo.Pouco a pouco alguns alunos vão chegando ao local,se sentando em duplas,antes da aulas começar era uma bagunça,conversas daqui e de la,até que em algum momento a sala estaria lotada,todos aqueles alunos,com uns rostinhos familiares pra mim.Logo eu me levanto da tal mesa deixando o livro ao qual eu estaria lendo em cima da mesa aberto dentre a ultima página aonde eu teria parado,brevemente eu retiro minha varinha de minhas vestes a apontando diretamente a porta do local,com um simples aceno prolongado até mim a tal portão se fecharia com tudo,exuberando a atenção de todos os alunos para mesmo apos o barulho.Eu faço um pequeno barulho como se estivesse rompendo a minha garganta de propósito adquirindo a atenção de todos os alunos novamente a mim,eu fico ali parada encarando de frente a frente a sala inteira por alguns segundos em completo silencio,mais logo tomo rumo as explicações.Bom,vocês já devem me conhecer pela outra matéria que eu já assumo,então vou direto as explicações,eu vou substituir a sua professora hoje pois ela não pode comparecer por motivos pessoais,então vamos ao assunto. Dou um pequeno suspiro,pego ao tal livro que eu estaria lendo sobre minha mesa e já retomo ao assunto da aula. Bom,os lobisomens não são criaturas más por costume,eles não retem a sua consciência no momento de transformação,por isso eles matam qualquer um que retem ao seu caminho,desde seu familiar mais amado até seu melhor amigo.Eu vejo alguns alunos sem um entusiasmo escolar perante a aula,mais eu não me importava mesmo.quem deveria-se importar com o assunto seria eles mesmos,pois isso tudo seria esclarecido na hora da prova,eu jogo ao tal livro que estaria em minha mão contra a mesa,olho diretamente a sala e já mando uma pergunta simples aos mesmos.Alguma pergunta?O clima da sala ficou como um cemitério,silencioso e sombrio nenhum aluno se reteou a prestar uma única palavra,então meramente eu já adiantei ao conteúdo da aula,então apaguei constantemente ao quadro,somente apontando minha varinha várias palavras tomaram iniciativa dentre o quadro,certamente aquilo era exercícios diretos da aula.

Citação :
Exercícios
1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?

2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?

Eu me sentaria a tal cadeira,enquanto esperaria aos alunos terminarem a sua tarefa eu lia aos primeiros capítulos do tal livro,alguns alunos iam terminando aos seus exercícios e já integrando as suas tarefas em um pedaço de pergaminho para mim.Bom . . . quando terminarem essa tarefa podem se retirar da sala de aula,e também quero dois pedaços de pergaminho sobre o assunto para a próxima aula. Alguns minutos depois todos os alunos já haviam se retirado da sala,eu recolho a todos os pedaços de pergaminho com a tarefa e saio da sala algum tempo depois,então me dirijo a biblioteca para devolver ao livro emprestado.


Resumo da Aula:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mateus Rodrigues
Ravenclaw
Ravenclaw
avatar

Mensagens : 25
Data de inscrição : 26/04/2012
Idade : 19

Histórico Bruxo.
Varinha: Azevinho / 28 cm / Maleável / Pena de Fênix
Animal de Estimação:
Galeões:
83/100  (83/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Qua Maio 02, 2012 1:23 pm

Era intervalo de aulas, estava em meu dormitório lendo, quando lembro que a próxima aula sera Defesa Contras as Artes das Trevas, então me levanto e pego meu materiais, desso as escadas topando novamente com meu gato o pego no colo e o levo de volta para meu dormitório, desso novamente as escada, saindo da comunal da Corvinal, pude ver que a maioria dos alunos estavam no salão principal comendo e eu decido ir até la e comer algo, chego e me assento com outros conhecidos, eu no entanto sem fome, acabo apenas comendo algumas Tortinhas de Abóbora, após saboreá-las me levanto e vou seguindo com rumo a sala de DCAT, pelo caminho largo dos corredores de hogwarts pude perceber que estava começando a chover, e eu como sou esquecido, deixara a janela de meu dormitório aberta, mas preferindo molhar minhas coisas do que me atrasar, continuo meu caminho.Chegando na sala só vejo alguns alunos, todos sentado em duplas, vejo uma garota da Corvinal só chego perto e pergunto:
-Posso me sentar?
E ela fazendo um simples aceno com a cabeça me concede o lugar ao seu lado, conforme vai passando o tempo mais alunos vão chegando vejo que no quadro negro a coisas escritas, então começo a copiar, pois sabia que teria fundamentos com a aula.

Pergaminho:
O lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.


Então alguns minutos depois a sala fica cheia de alunos, todos inquietos, vejo o professor se levantar e deixar de lado o livro, ele se aproxima e começa um discurso, estranho ser um professor pois pensava que seria uma mulher mas logo ele nos esclarece sobre o motivo de ela não estar, então ele pega o livro e começa a falar da aula, após o termino das explicações sobre os lobisomens ele pergunta se alguém tinha duvidas, de fato eu tinha, mas minha timidez não deixou e eu fiquei quieto, Então ele com sua varinha apontada ao quadro nos mostra passar questões, e eu começo a copia-las, após copiar pego meu livro e começo a responde-las.

Pergaminho:
Exercícios
1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
R: Apenas a mordida já o transforma, mas também pode ocorrer de se alguém comer o cérebro ou a carne crua de um lobo, beber água em uma fonte usada pôr lobos ,usar roupas de pele de lobo, comer carne humana ou ser o sétimo filho e não ser batizado .

2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
R: Os lobisomens tem fraqueza mortal à prata , fazer o sinal da cruz , jogar água benta , chamá-lo pelo nome de batismo entre outras formas de afugenta-lo. Para se matar um , é preciso atirar no dedo mindinho com uma bala benta .


Após o termino de minhas questões me levanto e vou até o professor onde deixo meu pergaminho com o próprio, volto a me sentar para recolher meus materiais,não esquecendo de anotar o que deveria fazer para a próxima aula, pego as minhas coisas me levanto e saio dali.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emilly Scotts
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 32
Data de inscrição : 24/04/2012

Histórico Bruxo.
Varinha: 5 - Teixo / 35 cm / Flexível / Pena de Coruja
Animal de Estimação: Coruja
Galeões:
50/100  (50/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Qua Maio 02, 2012 4:10 pm

Eu estava no salão comunal da Grifinória conversando com outros alunos.Me lembro que a proxima aula era DCAT e subo para o dormitório para arrumar minhas coisas.Denço as escadas e vou em direçao a sala.Quando chego, vejo o professor Steven lendo um livro,e poucos alunos, me sento em uma mesa vazia.Vi coisas escritas no quadro e decidi anota-las.Pego um pegaminho,um frasco de tinta e uma pena e começo a escrever.

Anotaçoes

O lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.
Quando terminei de anotar,olhei em volta e vi que a sala ja estava cheia.O professor se levanta e começa um discurso,logo ele responde a pergunta que estava em minha mente sobre o motivo dele estar dando aulas de DCAT e nao a outra professora.Após explicar a materia o professor começa a passar questões que com o auxilio do livro vou facilmente respondendo.

Exercícios

1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
Ser mordido por um,comer o cerebro ou a carne crua de um lobo,beber agua em uma fonte que esta sendo usada por lobos, usar roupas de pele de lobo , comer carne humana ou ser o sétimo filho e não ser batizado.
2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
Os lobisomens podem ser afugentados com prata,fazer sinal de cruz, jogar água benta , chamá-lo pelo nome de batismo entre outras formas.Para se matar um lobisomen é preciso atirar no dedo mindinho com uma bala benta .
Após terminar os exercícios,deixo o pergaminho na mesa do professor e saio da sala, indo em direçao ao salão comunal da Grifinória,onde eu poderia descansar um pouco ate minha ultima aula.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kalimus Scotts
Hufflepuff
Hufflepuff
avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 26/04/2012
Idade : 19
Localização : Hogwarts

Histórico Bruxo.
Varinha: Ébano / 22 cm / Flexível / Dente de Basilisco
Animal de Estimação:
Galeões:
93/100  (93/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Qua Maio 02, 2012 5:49 pm

Saída da Casa
Me encontrava sentado no salão comunal da Lufa-Lufa quando vejo alguns amigos de casa saindo em direção a porta. Reparo que já estava na hora da aula de DCAT. Pego meus livros, minha varinha e pergaminhos (penas e tudo o mais) e antes de sair pego uma maçã que estava do lado onde eu estive sentado, pego-a e saio atrás dos amigos de casa.

Lobisomens

Andando pelos corredores de hogwarts vou seguindo o pessoal até a sala de aula. Chegando lá encontro já o professor em sua mesa sentado e o quadro com algumas palavras escritas, logo deduzi que era o resumo da matéria. Sentei junto com o pessoal da minha casa, passei e dei um "oi" a minha irmã Emilly. Pego um pedaço de pergaminho, a pena e começo a copiar o que o professor resumiu.

Anotação do RESUMO:
Spoiler:
 

Após resumir ouço o professor dar breves explicações pelo motivo de estar dando aula de DCAT que até então eu nem tinha notado a troca de professores.Após as explicações ele fala sobre a matéria proposta. Ao término da aula ele passa um exercício para aula e um para "casa".

Exercício: (na questão 1 como ele não pediu pra citar uma quantidade proposta por ele vou citar duas. Na 2 a mesma coisa.)

1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
Ser mordido por um lobo e/ou beber em uma fonte onde um ou mais lobos beberam.
2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
Se afugenta um lobo com prata ou uma cruz (pode ser um sinal ou uma coisa em forma de cruz).

Enrolo o pergaminho em que acabei de escrever, pego um pouco de tinta e colo uma parte do pergaminho para que o mesmo não abra. Pego os demais pergaminhos e todo meu material e vou me dirigindo a saída da sala, no meio tempo entrego o pergaminho ao professor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck C. Morgenst
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 75
Data de inscrição : 19/04/2012
Idade : 21
Localização : À beira do Lago Negro

Histórico Bruxo.
Varinha: Salgueiro,Pelo de Lobisomen
Animal de Estimação: Coruja Negra (Lúcifer)
Galeões:
90/100  (90/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Qua Maio 02, 2012 7:37 pm

Why is the world so unfair with the weird?


D.C.A.T.

Prefácio

Manhã em Hogwarts, após uma noite um tanto entediante. Afinal, eu estaria mentindo se argumentasse que é de meu interesse acordar tarde da noite para construir mapeamentos de constelações. Mas este novo dia na lendária escola, animara-me novamente. No círculo de pedra, tudo pode acontecer... Ou quase tudo.


DCAT

Já era manhã. O sol tocava as formações montanhosas e insistia em tentar se libertar das mesmas durante toda a manhã. Nas teias de aracnídeos, gotas de orvalho deslizavam, unindo-se aos corpos sem vida de suas presas. E sobre a grama alta do círculo de pedra, uma figura irreconhecível saboreava o ar fresco da região. Este denominava-se Chuck. Após tomar seu café-da-manhã, eu decidira passear pelos terrenos da escola, até encontrar esta fantástica formação de rochas. O lugar perfeito para esperar pela primeira aula do dia, Defesa Contra as Artes das Trevas. Contudo, certas presenças acabavam por tornar impuro o ar que eu respirava.

- Alaric, vai logo! - Eu ouvira sussurros. Os mesmos aproximavam-se de mim lentamente.

- Eu não. O livro não era meu, vai você Artie. - Vir-me-ei. Neste exato momento, pressenti que minha manhã não seria mais como o planejado. Atrás de mim, Alaric, Artie e Erika. Um grupinho irritante, do qual eu já havia me livrado anteriormente. Ou, pelo menos, foi o que pensei.

- Nem pensar! - Artie, um grifino, gritou. - Erika... - Virou-se rapidamente para a garota.

A mesma grunhiu. Não consigo explicar aquele som, mas assemelhava-se a uma gralha agonizando. Erika postou-se à minha frente e reclamou.

- P-peça desculpas ao Artie. - Ela disse, parecia receosa. Como se esperasse por uma pedrada. Mas eu apenas respondi.

- Não! Não fiz nada de errado. - Neste exato momento, levantei-me da grama e me retirei, levando comigo a minha mochila.

- Eu disse pra pedir desculpas! - Para uma corvina boba, Erika gritava como ninguém...

-... - Lentamente, eu me virei. - Ou o que, corvina?

A garota pensou em abrir a boca para responder-me. Mas já era tarde demais. Algo lançara-se em alta velocidade, atingindo a garota e derrubando-a sobre a grama. Agora, em inércia, pude distinguir aquele ser.

- Lúcifer! - Minha coruja negra investia bicadas contra a garota. - Chega, vou me meter em problemas se você machucá-la demais. - No mesmo instante, a coruja pousou em meu ombro, esfregou suas penas em meu rosto e partiu pelos céus.

Voltei meu olhar para frente. E para minha surpresa, não havia mais ninguém ali. Onde foram parar os garotos? Bom, isso era o que me importava de menos. Algo me dizia que eu precisava dirigir-me imediatamente à sala de DCAT.

♠ ♠ ♠

Corredores e escadarias... Era lastimável meu poder de posicionamento, diante dos mesmos. Porém, decidi seguir os outros alunos da sonserina, que seguiram por alguns corredores, entrando finalmente em uma das salas.

A sala de DCAT era um lugar simples. Uma escrivaninha ao lado do quadro negro, virado para duas fileiras de mesas duplas, onde se sentavam os alunos. Eu sentei-me em uma cadeira, na segunda fileira. E para o meu espanto, o espaço ao meu lado já fora preenchido. Neste, encontrava-se Artie. Durante toda a aula, decidi manter-me em silêncio. Não queria ser expulso da aula. Muito menos perder pontos para a sonserina. Visivelmente, o mesmo parecia pensar como eu. Na lousa, um compilado de informações. As quais eu não vi no livro. Logicamente, eram informações extras, dadas pelo professor. Imediatamente, tirei tinta, pena e pergaminho da mochila e copiei todo o conteúdo do quadro. Logo, a sala estava preenchida por alunos inquietos. O professor Thompson, este já conhecido, agitou sua varinha. E a porta cerrou-se com um baque ensurdecedor. Este fora o método utilizado pelo Sr. Thompson para silenciar a sala de uma vez por todas. Sendo assim, o mesmo inicio a aula.

Primeiramente, o mesmo tratou de justificar sua presença. Pois, como se sabe, Defesa Contra as Artes das Trevas é lecionado por Gabriela Rancock. Contudo, a mesma parecia julgar-se incapaz de realizar nossa primeira aula. Por isso, Steven G. Thompson oferecera-se para substituí-la. Logo em seguida, o mesmo começou a explicar-nos sobre os lobisomens, nosso primeiro capítulo, de acordo com o livro. O professor explicou-nos sobre o instinto dos lobisomens e sobre sua inconsciência, durante a transformação.

Olhei rapidamente à minha volta. Alguns ainda pareciam não ter se recuperado da aula de Astronomia, pois era visível o sono em seus rostos, que se confundia a seu total desinteresse nesta aula. Visto de outro ângulo, o Sr. Thompson parecia complacente com o que ocorria em sua sala de aula. Contudo, era compreensível que a falta de interesse acabaria refletindo-se nas notas dos alunos. Acontecimento lastimável para a Sonserina, obviamente. E, ao mesmo tempo, favorável a nós.

Após encerrar sua breve explicação, o professor apontou sua varinha para o quadro e, agitando-a, novas palavras formularam-se no quadro. Um alívio, para mim, que esperava por um novo golpe atordoante. Fitei o quadro negro, enquanto novas palavras formavam-se. Logo, no lugar de informações, via-se um exercício. Com um novo pergaminho, eu comecei a transcrever as questões e, logo em seguida, resolvê-las. Questões simples, mas que alarmavam a mente do estudante.

Alguns minutos depois, o Senhor Thompson pediu-nos que, quando encerrássemos nossos exercícios, abandonássemos a sala. Como um exercício extra, o mesmo ordenou-nos que fosse entregue dois pergaminhos sobre lobisomens. Em pouco tempo, todas as minhas questões já haviam sido completamente resolvidas. Eu guardei meus itens em minha mochila, levantei-me e entreguei ao professor o meu exercício, deixando a sala logo em seguida.

♠ ♠ ♠

Um exercício prático. Fácil, a meu ver. Assim que deixei a sala de DCAT, dirigi-me à biblioteca. Lá, recolhi alguns livros interessantes que, unidos a "Criatura das Trevas I", dar-me-iam conhecimento o bastante para a produção do exercício.

Depois de pegar os livros na biblioteca, dirigi-me a um lugar agradável, para iniciar meus estudos. O Círculo de Pedra. Durante toda a manhã eu trabalhei na produção da redação, até finalmente terminá-la. Neste exato momento, Lúcifer surgira nos céus. Suas asas planavam, viajando em correntes de ar. Por vezes, eu sentia certa inveja de minha coruja. Livre, feliz e voando... Três coisas das quais eu tanto desejava. Depois de algumas voltas no céu, a mesma finalmente pousou ao meu lado, tocando seu bico em meus dedos.

- Lucy! Você chegou na hora certa. Tenho um trabalhinho pra você. - Na minha mão havia uma carta. Nesta, lia-se:

Para: Steven G. Thompson, Professor de DCAT
De: Charles Caestro Morgenst, Sonserina, 1º Ano

Coloquei a carta no bico da ave. A mesma eriçou suas asas e agitou-as, estendendo-as em seguida. Rapidamente, estava nos céus, levando meu exercício de DCAT...



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Outros
Ações





~ Exercício ~

1) Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem?
A forma mais comum e conhecida para a transformação de um ser humano em lobisomem é através da mordida de outro lobisomem. Contudo, atos como: Ingerir o cérebro ou a carne crua de um lobisomem, beber da água usada por lobos, usar roupas de pele de lobo, comer carne humana, ser o sétimo filho não-batizado. São formas menos comuns de se tornar um lobisomem.

2) Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem?
A arma letal e infalível contra lobisomem é a prata. Seja apenas para afugentá-los, como também para matá-los. Contudo, para esta última finalidade, deve-se acertar o dedo mindinho da fera, como uma bala benta. Atos como o sinal da cruz e o uso da água benta tem se mostrado bastante eficazes contra estas criaturas.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Syber Blade
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 30/04/2012

Histórico Bruxo.
Varinha: Azevinho / 28 cm / Maleável / Pena de Fênix
Animal de Estimação:
Galeões:
93/100  (93/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Qui Maio 03, 2012 4:47 pm

1- Somente se transformam em lobisomens quando são mordidos.

2- Os
lobisomens podem ser afugentados com prata,fazer sinal de cruz, jogar
água benta e entre outras formas. Para se
matar um lobisomen é preciso atirar no dedo mindinho com uma bala benta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryan Scotts
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 18
Localização : Nova Iorque

Histórico Bruxo.
Varinha: Bordo / 18 cm / Elástica / Pele de Serpente
Animal de Estimação: Gato
Galeões:
43/100  (43/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Qui Maio 03, 2012 10:57 pm

Acordei como sempre 1 hora antes da aula começar, eu estava ansioso para ir para a aula, eu teria a aula de Defesa contra as artes das trevas, levantei, escovei meus dentes, tome café da manhã e depois coloquei minhas vestes, então fui para a biblioteca para poder estudar, no finalzinho dos meus estudos, o professor Steven, o nosso professor de Voo, estava a caminho da biblioteca também, ao chegar lá, ele foi até a coleção completa de Criaturas das Trevas, pegou um livro e antes que ele se retirasse da biblioteca, batemos um papo bem curto.

- Oi professor !
- Olá Ryan !
- Se não se importar, eu poderia lhe fazer uma pergunta ?

Ele brincou dizendo :
- Você quis dizer duas né? Porque uma você acabou de fazer.

Eu dei um sorriso e disse :
- Sim, no caso duas. Bom, a primeira eu já fiz e a segunda é, porque o senhor está pegando um livro de Criaturas das Trevas ?

Ele me respondeu :
- Pois a professora de Defesa contra as artes das trevas não poderá comparecer por motivos pessoais, então eu irei substituí-la.

Surpreso eu disse :
- Ah Tá !

Ele me disse logo em seguida :
- Tchau, tenho que começar a preparar a aula.
- Tchau professor !

Ele saiu numa pressa enorme, então, faltando 50 minutos para que a aula começasse, peguei um livro de feitiços e comecei a estudar, pois o de Criaturas das Trevas já tinha sido pego, fui estudar para outra matéria.
35 minutos se passaram, fui para a sala, eu queria chegar cedo, lá já havia alguns alunos, nenhum Grifino, cumprimentei a todos e me sentei em silêncio aguardando o professor chegar.
Quando o professor entrou na sala, o clima da sala estava silencioso e escuro, ele deu alguns passos em direção a mesa localizada no final da sala, onde ele joga o tal livro que estava sobre a mão dele na mesa, ele pega um giz e começa a escrever todo o conhecimento dele sobre o quadro negro situado ao lado de sua mesa.
Então, eu pego um pergaminho , o tinteiro e penas e começo a anotar o resumo de lobisomens, que contia o seguinte conteúdo :


O lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.

O professor se senta em uma cadeira de madeira situada após a mesa, pega ao tal livro e começou a lê-lo . Pouco a pouco alguns alunos vão chegando na sala, se sentam em duplas, antes da aula começar a sala não estava tão quieta, até que em algum momento a sala estava lotada, e o barulho não parava, mas eu me mantive quieto.
Logo o professor se levanta da mesa deixando o livro que estava lendo em cima da mesa aberto dentre a ultima página, brevemente retira a varinha das vestes a apontando diretamente a porta do local, com um simples aceno prolongado, o portão se fechou com tudo, chamando a atenção de todos os alunos para ele após o barulho, depois ele fez um pequeno barulho como se estivesse rompendo garganta dele de propósito adquirindo a atenção de todos os alunos novamente a ele, ele fica ali então, parado e encarando de frente a frente a sala inteira por alguns segundos em completo silencio, mas logo toma rumo as explicações.


- Bom,vocês já devem me conhecer pela outra matéria que eu já assumo,então vou direto as explicações,eu vou substituir a sua professora hoje pois ela não pode comparecer por motivos pessoais,então vamos ao assunto. Da um pequeno suspiro, pega ao tal livro que eu estaria lendo sobre a mesa dele e logo retoma ao assunto da aula.

- Bom,os lobisomens não são criaturas más por costume,eles não retem a sua consciência no momento de transformação,por isso eles matam qualquer um que retem ao seu caminho,desde seu familiar mais amado até seu melhor amigo.

De repente ele fez a seguinte pergunta :
- Alguma dúvida ?

Eu não me manifestei, pois eu estava entendendo tudo sobre o assunto.
Então ele nos passou alguns exercícios, que eram eles o seguinte :

1- Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?

2- Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?


Peguei o meu pergaminho e sem nenhuma dúvidas as respondi, em meu pergaminho, estava escrito o seguinte :

Spoiler:
 

Então ele nos disse :

- Bom . . . quando terminarem essa tarefa podem se retirar da sala de aula,e também quero dois pedaços de pergaminho sobre o assunto para a próxima aula.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nikole Amber D. Thompson
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 32
Data de inscrição : 21/04/2012
Idade : 17
Localização : Estados Unidos

Histórico Bruxo.
Varinha: Mogno , Corda de coração de Dragão , 33 centímetros.
Animal de Estimação: Petter (Gato)
Galeões:
100/150  (100/150)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Sex Maio 04, 2012 2:55 pm

Primeira Aula de D.C.A.T


Corredores e mais corredores , escadas longas e que se moviam ,
caricaturas que pareciam estarem vivas , fantasmas por toda parte , livros que poderiam comer suas mãos ...
Aquele fora o mundo pelo qual eu me apaixonara , Hogwarts .

Eu caminhava calmamente em direção á biblioteca , fitando cada detalhe , das paredes , dos quadros , das luminárias , aquilo era fascinante .
Chegando a biblioteca , avisto logo da porta , o Professor de voo , e meu primo , Steven G. Thompson , nas mãos o livro Criaturas das trevas I .
O fato de te-lo visto com um livro , geralmente direcionado a uma matéria que não a sua , deixou-me um tanto quanto curiosa , mais bem , ele poderia
simplesmente se interessar pelo assunto , assim como eu .
E ao pensar nisso , olho meu relógio de pulso , que segundo o tal , eu teria aula de Defesa Contra a Arte das Trevas , dali alguns minutos .
Então sai dali logo depois do professor , em direção ao salão comunal da Grifinória.
Não haviam alunos la , deveriam estar se aprontando , então corri pelas escadas .
Chegando ao dormitório , peguei minha mochila , pela qual eu já estava habituando-me , peguei alguns blocos de pergaminhos ,
tinteiro , penas , e o livro de D.C.A.T .
Soltei meus cabelos , e coloquei um arco lilás entre eles .
Olhei novamente no relógio , nossa , eu ainda teria exatamente 42 minutos .
Então desci as escadas tranquilamente , e caminhei pelos corredores em direção a sala de aula .
E chegando la , logo pude entender o motivo , pelo qual o professor de voo , procurava aquele livro .
Ele estava sentado , em uma escrivaninha cor de cobre , eu iria comprimentá-lo , mais este parecia ocupado com a leitura ,
então simplesmente entrei e me sentei em uma carteira vazia .
Ja haviam alunos la , eram um Corvino , um Sonserino , um Lufano e uma Grifina .
Não demorou muito para que todos estivessem presentes , e mesmo com a presença do professor , a turma estava agitada ... De mais .
E quando eu menos esperava , todos ouviram o grande estrondo da porta batendo .
O professor , o fez para nos chamar atenção , logo depois ele pigarreou , para que olhássemos para o mesmo.
E então começou a falar o por que de estrar ali , substituindo a professora . Pelo que disse , motivos pessoais .
Neste momento percebi oque estava escrito na lousa desde o momento em que entrei , falava sobre Lobisomens .
Incrivel.
Pensei de imediato.
E então , daríamos inicio ao assunto , rapidamente peguei um pedaço de pergaminho , pena e tinteiro , e comecei a anotar tudo oque o professor dizia.
Aproveitando também para copiar oque estava na lousa .
Pergaminho:

O lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em
lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa medida,
aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se transforma em
uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente quando não há
lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.


O professor Steven ainda explicava sobre os lobisomens , enquanto isso , eu estava com as mãos postas sobre a mesa , e o ouvia atentamente.

Os lobisomens não são maus por natureza , eles perdem a consciência quando se transformam , podendo matar o primeiro que cruzar seu
caminho , desde o melhor amigo até o familiar mais amado .

O assunto parecia ficar cada vez mais interessante , apesar de muitos na sala não parecerem demostrar o menor interesse .
Revirei os olhos e voltei a prestar atenção.
Depois o professor perguntou-nos se haviam duvidas .
Nenhuma .
E então ele prosseguiu , apontando a varinha para o quadro e um exercício começou a ali aparecer .
E novamente comecei a copia-los .
Peguei meu livro e comecei a faze-lo , enquanto ouvia o professor dizendo que , assim que terminássemos poderíamos sair .
Exercícios

1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
A condição geral para que uma pessoa se transforme em um lobisomem é ser mordido por um . Mais á também utras formas ,
entre elas : comer o cérebro ou a carne crua de um lobo , beber água em uma fonte usada pôr lobos , comer
carne humana ou ser o sétimo filho (não ser batizado) , e usar roupas de pele de Lobo .


2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?

Sabe-se que os Lobisomens possuem uma fraqueza mortal á prata , e a mesma pode ser usada para afugenta-lo .
Outros métodos para afugentar um Lobisomem são : fazer o sinal da cruz , jogar água benta , chamá-lo pelo nome de batismo entre outras formas .
Para se matar um , é preciso atirar no dedo mindinho com uma bala benta .


Terminei os Exercícios , ciente dos dois rolos de pergaminhos que eu deveria entregar na próxima aula .
Então guardei meus pertences de volta na mochila , e sai dali , virando-me novamente
-Até mais professor Steven .
E abri a porta , que estivera fechada a aula toda , saindo do local .


Última edição por Nikole Amber D. Thompson em Sab Maio 05, 2012 3:50 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ághata Bittencourt
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 26/04/2012

Histórico Bruxo.
Varinha:
Animal de Estimação:
Galeões:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Sex Maio 04, 2012 3:48 pm

Estava no salão
Comunal da Sonserina conversando com os meus amigos, quando olho para o meu
relógio e vejo que está quase na hora da aula de DCTA começar. Aviso meus
amigos e os apresso.Pego meu material e vou para a sala.

Quando entro na
sala vejo o professor escrevendo no quadro o resumo da matéria, me apresso, dou
um “Olá” rápido para meus irmãos Kalimus, Emilly e Ryan. Sento na cadeira e o
professor começa a aula:

-Bom
dia, Turma.

-Bom dia, Professor.

Bom,vocês já devem me
conhecer pela outra matéria que eu já assumo,então vou direto as explicações,eu
vou substituir a sua professora hoje pois ela não pode comparecer por motivos pessoais,então
vamos ao assunto

LOBISOMENS
O lobisomem é encontrado no
mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os
humanos somente se transformam em lobisomens quando são mordidos. Não se
conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de
poções tenha, em certa medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por
mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é
normal, se transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais
criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente
quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.

Bom,os lobisomens não são criaturas más por
costume,eles não retem a sua consciência no momento de transformação,por isso
eles matam qualquer um que retem ao seu caminho,desde seu familiar mais amado
até seu melhor amigo.Eu vejo alguns alunos.

- Alguma pergunta?
Ninguém respondeu nada.
Exercícios
1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
Os humanos somente
se transformam em lobisomens quando são mordidos.

2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
Os
lobisomens podem ser afugentados com prata,fazer sinal de cruz, jogar água
benta , chamá-lo pelo nome de batismo entre outras formas.Para se matar um
lobisomen é preciso atirar no dedo mindinho com uma bala benta .

Bom . . . quando terminarem essa tarefa podem se
retirar da sala de aula,e também quero dois pedaços de pergaminho sobre o
assunto para a próxima aula.

Arrumo
as minhas coisas, coloco o pergaminho na mesa do professor e me retiro. Volto
para o salão comunal da Sonserina e me preparo para a próxima aula.


Última edição por Ágatha Scotts em Seg Maio 07, 2012 1:32 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tyler Stewart McGarden
Ravenclaw
Ravenclaw
avatar

Mensagens : 15
Data de inscrição : 30/04/2012

Histórico Bruxo.
Varinha: Carvalho / 40 cm / Meio mole / Pelo de Cauda de Unicórnio Fêmea
Animal de Estimação:
Galeões:
93/100  (93/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Sab Maio 05, 2012 11:20 am

Eu tinha algum tempo ainda antes da aula de DCAT, então decidi dar uma passada na biblioteca, um ambiente que geralmente, me deixava bem á vontade.Subi as escadas correndo para não correr o risco delas mudarem.Assim que entrei na biblioteca, fiquei impressionado com a quantidade de livros.Fui até a primeira pratelheira, para ver se encontrava algo que me enteressase, mas o que me chamou a atenção foi ver meu professor de vôo com um livro de Criaturas das Trevas na mão, decidi não encomoda-lo, mas logo ele sai dali com o livro em suas mãos.Assim que faltava alguns minutos para o início, vou para a sala de aula, e quando entro vejo que o professor Steven estava lá, sentado em sua mesa lendo o mesmo livro.Me sento e começo a anotar no pergaminho o que estava no quadro negro.
Anotações

O lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas humanas.Certamente quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos outros humanos.

Assim que termino todos os alunos já haviam chegado, então o professor se levanta e explica o motivo dele estar nos dando aulas de DCAT.Ele logo começa a fazer as explicações sobre lobisomens e depois passa exercícios.Abro meu livro de DCAT na parte dos lobisomens e começo a responde-los.
Exercícios
1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
Ser mordido por um,
comer o cérebro ou a carne crua de um lobo , beber água em uma fonte usada pôr lobos ,usar roupas de pele de lobo , comer carne humana ou ser o sétimo filho e não ser batizado.
2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
É preciso usar balas de pra, uma fraquesa mortal a eles, podemos afungentar um lobisomem tambem ao fazer o sinal da cruz , jogar água benta , chamá-lo pelo nome de batismo entre outras formas . Para se matar um , é preciso atirar no dedo mindinho com uma bala benta
Assim que termino os exercícios, coloco meu pergaminho em cima da mesa do professor e sigo para a biblioteca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Minoro Scotts
Gryffindor
Gryffindor
avatar

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/05/2012
Idade : 18
Localização : Nova York

Histórico Bruxo.
Varinha: Ébano / 28 cm / Farfalhante / Pelo de calda de unicórnio macho
Animal de Estimação: Cobra
Galeões:
13/100  (13/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Sab Maio 05, 2012 5:46 pm

AULA DE DCAT
Numa manhã normal em Hogwarts eu como de costume acordei uma hora antes das aulas, me arrumei mas ñ comi nada ,pois estava sem fome conversei com meus amigos até dar a hora da aula de DCAT chegando lá o professo já estava para começar a aula corri para o meu lugar e o professor falou:
- Hoje estou aqui para substituir a professora de DCAT pois ela ñ podera comparecer por um tempo.Emtam abram o livro na parte que fala sobre lobisomens e aqui vai um resumo da materia.

e ele escreveu no quadro;
Citação:
O
lobisomem é encontrado no mundo inteiro, embora se acredite que tenha
se originado no norte europeu. Os humanos somente se transformam em
lobisomens quando são mordidos. Não se conhece nenhuma cura para esse
mal, embora o recente avanço no preparo de poções tenha, em certa
medida, aliviado os sintomas mais graves. Uma vez por mês, durante a lua
cheia, o bruxo ou trouxa afetado, que em outros períodos é normal, se
transforma em uma fera assassina. Uma singularidade entre as demais
criaturas fantásticas, o lobisomem dá preferência a presas
humanas.Certamente quando não há lua cheia, o animal é inofensivo aos
outros humanos. depois ele pediu um pergaminho com essas perguntas sobre lobissomens.
Citação:
Exercícios
1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?

2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
e ele fa:
-e oque estam esperando peguem suas penas e fasam é para agora.
como eu já tinha estudado fui o primeiro a acabar e antes de entregar falei em voz alta:
- n°1 por uma mordida assim na primeira noite de lua cheia ele efetua sua primeira transformação.n°2 tiros com bala de prata, pois prata tira suas forças e se for num ponta vital pode matar.
o professor com raiva falou :
- você acha que pode sair falando a resposta quando os outros ainda não acabaram...
me defendendo eu disse:

-desculpa professor não foi minha inteção.
se acalmando ele disse:
-Desa eu vou deixar passar mas não repita isso tá.
respondendo disse:
respondendo:
-ta desculpe.
e entreguei mei pegaminho assim por diante todos foram entregando o pegaminho

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thomas Slytherin
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/05/2012

Histórico Bruxo.
Varinha:
Animal de Estimação:
Galeões:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Dom Maio 06, 2012 1:14 am


Aula de DCAT

Tinha acabado de sair da aula de feitiços, a minha favorita, particularmente. DCAT também era muito legal, o ruim era que combatíamos as Trevas, e eu ? Bom, eu me aliava cada dia mais às Trevas. Enfim, o possível herdeiro aqui já estava rumando para a sala de DCAT. Por Hogwarts ser muito grande, era uma longa caminhada, eu era reconhecido por algumas pessoas, e não por outras. Eu já não sabia mais no que pensar, eu tinha uma longa jornada pela frente, e sei lá, eu não estava muito animado com isso. Matar algumas pessoas, torturar outras, enfim, seria uma longa jornada. Sem que eu me desse conta, minhas pernas estavam andando sozinhas, e minha mente estava muito a frente. Cheguei na sala, não havia quase ninguém mas logo o professor tratou de começar a aula, começando um entedioso assunto sobre Lobisomens. Era uma criatura que não me botava medo, aliás, eu não tinha medo nem de dementadores, eu enfrentaria um numa boa. Prestando muita atenção na aula, o professor explicava sobre eles, como se transformava e as causas disso, estava quase pegando no sono, mas me contive. Tinham muitas outras aulas ainda, e a de poções ia me fazer cair de sono sobre a mesa. Logo o professor dizia onde o Lobisomen se originou, e também que não é uma criatura, mas que perde sua consciência digamos que de humano quando se transforma. Copiei os exercícios e comecei a fazê-los, enquanto um desânimo tomava conta de meu corpo ao ouvir dizer sobre os pedaços de pergaminho, de "tarefa". Tinha vontade naquele momento de esganar o professor até suas pupilas saltarem, e começarem a sangrar, sem parar, o matando. Logo, terminei os exercícios, entreguei para o professor e fui embora.

1)Quais as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
Pode ser transmitida a licantropia por meio da mordida de outro lobisomen, matar a sede da água de lobos, usar a pele de lobos, comer cérebro ou carne crua de outro lobisomen, comer carne humana ou ser o último filho não batizado, são algumas das formas.


2)Quais são os modos de se afugentar ou matar um lobisomem ?
O melhor modo de matar ou fazê-los correr igual uma mariquinha, é a prata, pra fazê-los fugir ou matar. Pra matar deve-se acertar o mindinho (Peculiar, não acha ?) como uma bala benta. Sinal da cruz e água benta também funcionam pra afastá-lo.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Riley A. Winchester
Slytherin
Slytherin
avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 05/05/2012
Idade : 21
Localização : Hogwarts

Histórico Bruxo.
Varinha: Varinha: Freixo / 28 cm / Flexível / Pelo de Cauda de Unicórnio Macho
Animal de Estimação:
Galeões:
93/100  (93/100)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Dom Maio 06, 2012 7:35 pm







 Riley Antony Winchester




























Fazia-se um lindo dia lá fora. O sol estava radiante, a grama mais verde que nunca e pude distinguir as diferentes e nunca vistas plantas do jardim de Hogwarts . Tudo isso, era a vista de minha janela, onde se localizava minha cama . Coloquei minhas vestes e comecei meu novo dia .
Aquela seria minha primeira aula do dia,Defesa contra as artes das trevas. Eu não sabia muito bem como tudo funcionava, mais sabia que conseguiria de alguma forma me virar sozinho. Após tomar o café da manhã, acompanhado com minha casa Sonserina .
Segui pelos corredores, apinhados de alunos de todos os anos. Encontrei então uma sala mais obscura, com certo ar misterioso . Ali se encontrava o professor, que matinha á atenção em seus livros na escrivaninha.
Me dirigi ás mesas.Um garoto da grifinória olhou de cara amarrada para mim, apenas sorri, sem me importar.
Avistei uma garota da Sonserina , onde se sentou ao meu lado no café da manhã . Ela deu um leve sorriso e acenou com a cabeça , para me juntar a ela. Não havia notado , mas ela era bem bonita . Dei um sorriso de lado , sentando ao seu lado.
A lousa já estava empilhada de lição, conteúdo que não havia no livro, eu mesmo havia dado uma geral em meus livros na noite passada. Peguei meu pergaminho, pena e tinta, os colocando sobre a mesa.Em seguida , com todos, ou assim achava, os alunos presentes na aula . Com um leve aceno na varinha, o Sr.Thompson (o nome escrito na lousa) , fechou a porta com um baque. No mesmo momento , a sala ficou completamente silenciosa, assim para que pudesse falar sem interrupções.
Bom,vocês já devem me conhecer pela outra matéria que eu já assumo,então vou direto as explicações,eu vou substituir a sua professora hoje pois ela não pode comparecer por motivos pessoais,então vamos ao assunto.
Ele disse tudo isso meio decepcionado, como se não importava do que estava fazendo, e realmente não importava.Ele deu um longo suspiro e nos deu informações sobre o que explicaria.
Bom,os lobisomens não são criaturas más por costume,eles não retem a sua consciência no momento de transformação,por isso eles matam qualquer um que retem ao seu caminho,desde seu familiar mais amado até seu melhor amigo.
Após aquela explicação, muito alunos suspiraram , sem completo interesse pela aula. Me surpreendi ao ver alguns alunos da Sonserina se lamentando , cadê o estimulo para aprender ?
Eu achava tudo aquilo fascinante , sempre tive muita curiosidade em lobisomens, eram simplesmente incrivéis , as lendas , os mitos , contos sobre eles.
Com outro breve aceno na varinha, novas palavras de formavam na lousa , que eram exercícios sobre o assunto que explicara. Questões que não necessitavam de muita atenção, que necessitava apenas da atenção do aluno á sua explicação.
Os alunos em completo silencioso começaram a responder seus exercícios.Alguns minutos se passaram e o professor disse que após terminássemos nossos exercícios , saíssemos da sala. E como lição de casa, dois pergaminhos sobre lobisomens.
Ao terminar meus exercícios, entreguei meu pergaminho ao professor e sai da sala silenciosamente.

Legendas :
Riley A. Winchester.
Outros .
Pensamentos.
Ações.







PERGAMINHO :

1) Quais são as condições para que uma pessoa se torne um lobisomem ?
A condição para que uma pessoa se torne lobisomem e que se for mordido pelo lobisomem.Há outras formas, que são menos usadas , como comer o cérebro ou carne crua de lobisomem , beber água de uma fonte usada por lobos, usar roupas de pele de lobo , comer carne humana ou ser o sétimo filho e não ser batizado.

2)Quias são os modos de afugentar ou matar o lobisomem ?
A maior fraqueza dos lobisomens é a prata, é isso também pode ser usado para afugentá-los . Outros métodos para afugentar os lobisomens , são fazer um sinal com a cruz , jogar água benta , chamar pelo nome de batismo pelas outras formas, etc.Para se matar um lobisomem é preciso atirar no dedo mendinho com uma bala benta .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Steven G. Thompson
Professores
Professores
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 20/04/2012
Idade : 31

Histórico Bruxo.
Varinha: Bétula / 26 cm / Elástica / Escama Escarlate de Dragão
Animal de Estimação: Dentuço [ Dente-de-Víbora Peruano em miniatura ]
Galeões:
500/500  (500/500)

MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   Seg Maio 07, 2012 8:58 pm

A média varia,ou seja haverão somente algumas aulas portanto o estado preceitado para se atingir é 10,ou seja você deve conseguir uma boa nota nas aulas,para que possa fazer um bom rendimento no provão.
Grifinória
Minoro Scotts - 6,0
Nikole Amber D. Thompson - 9,0
Ryan Scotts - 5,0
Emilly Scotts - 7,0
Kalimus Scotts - 7,0


Sonserina
Thomas Slytherin - 6,0
Riley A. Winchester - 7,0
Ághata Scotts - 6,0
Syber Blade - 3,0
Chuck C. Morgenst - 10,0 (10 pontos acrescentados a sonserina pelo melhor post)


Lufa-Lufa

Corvinal
Mateus Rodrigues - 8,0
Tyler Stewart - 6,0
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: DCAT - 1ª Aula   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
DCAT - 1ª Aula
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» 1ª Aula de DCAT
» 1º Aula de DCAT
» 1ª Aula de DCAT
» 1ª Aula de DCAT
» 1º Aula de Script - Colocar um aviso ao iniciar o jogo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hogwarts :: Aulas :: Aulas :: Defesa Contra as Artes das Trevas :: 1º Ano-
Ir para: