CalendárioFAQBuscarInícioPortalMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ervas e Curas II pt 1

Ir em baixo 
AutorMensagem
Mollie E. Palmer
Professores
Professores
avatar

Mensagens : 126
Data de inscrição : 19/04/2012
Idade : 20
Localização : Hogwarts

Histórico Bruxo.
Varinha: Faia / 23 cm / Maleável / Pelo de Hipogrifo
Animal de Estimação: Mandragora
Galeões:
9223372036854775807/9223372036854775807  (9223372036854775807/9223372036854775807)

MensagemAssunto: Ervas e Curas II pt 1   Seg Abr 23, 2012 5:22 pm

Ervas e Curas II
autor desconhecido
Este artigo é uma transcrição de um livro, que possui direitos autorais.
O conteúdo dos livros pode ou não ser imaginação de seu autor.


Tabela de conteúdo [esconder]
1 Introdução
2 Lista de Plantas
2.1 E
2.2 F
2.3 G
2.4 H
2.5 I
2.6 J
2.7 L
2.8 M
2.9 N
2.10 O
2.11 P
2.12 Q
2.13 R
2.14 S
2.15 T
2.16 U
2.17 V
2.18 Z
Introdução

Veja aqui o seu problema, ou a sua necessidade...nas páginas seguintes estarão por ordem alfabética as Ervas com a descrição das mesmas e modo de preparo das infusões. Mas apesar disso, não deixe de procurar seu médico.

Lista de Plantas

E
ELEUTÉRIA Croton eleuteria - Euforbiáceas - Brasil
Apresenta a casca cinzenta, possui um aroma agradável e um gosto amargo. DECOCÇÃO: - Ferver por poucos minutos 5 gr de casca em decilitro de água, beber o líquido durante o dia.

ENDRO Anethum graveolens - Umbelíferas
0 seu caule pode atingir de 20 a 30 metros de altura. As flores possuem pétalas amarelas.
BOCA: (Inflamações - Estomatites) - Infusão - Colocar 5 gr de sementes de Endro em 1 litro de água, ferver e depois filtrar e usar a infusão para fazer bochechos.
ESTÔMAGO (Digestão Difícil) - INTESTINO - Infusão - Deixar em infusão uma semente de Endro juntamente com 1 cálice de água quente. Adoçar a poção e beber após as refeições.

ERVA ANDORINHA Euphorbia pilulifera - Euforbiáceas
É uma planta herbácea, perene, com raiz fitafoliada, lanceadas, de cor verde e brilhante. As suas flores são amarelas, reunidas e umbelas. É utilizada para curar calos e calosidades, porém só use sob prescrição médica, pois é altamente venenosa.
Cataplasma - Coletar um pouco de folhas e extrair o Látex da parte mais carnosa. Espalhar o Látex sobre a região afetada e enfaixá-la com uma bandagem, repetir a dose quando com a ajuda de um banho quente puder remover os calos.

ERVA BENTA Geum urbaum - Rosáceas
Possuem caule rico em folhas e flores amarelas que se desenvolvem na sumidade da haste. Tônico adstringente, mas não usar em excesso, pois pode ser prejudicial à saúde, causando vômitos.
INTESTINO (Catarro): Infusão - Deixar em infusão 50 gr de raiz em 1 litro de água quente, filtrar e consumir o líquido levemente açucarado durante o dia.

ERVA DAS VIRGENS Aristalochia chilensis - Aristoloquiáceas
Possui raiz fina, caule de cor amarela ou avermelhada, folhas com pecíolos longos, de dimensões diversas. Hemostática
MENSTRUAÇÕES ABUNDANTES: Infusão - Colocar um pedacinho de raiz em uma xícara com água quente, deixar por 2 minutos, adoçar e beber.

ERVA DE SANTA MARIA Chenopodium ambrosioides - Quenopodiáceas - América do Sul
É uma planta herbácea, possui folhas, flores e sementes. São tônicas, diuréticas, calmantes e vermífugas.
Infusão - Em 1 xícara de água fervente colocar uma pitada de folhas secas da erva. Deixar o líquido repousar filtra-lo e adoçar antes de bebe-lo. É ótimo para catarro bronquial.
VERMES: Colocar 8 gr de pó diluído em uma xícara de água quente e levemente adoçada.

ERVA DE SÃO PEDRO Crysanthenum balsamita - Compostas Tubifloras - Oriente
Possuem folhas aveludadas, é de uma bonita cor verde. Tem cheiro aromático, mas de sabor amargo.
DIURÉTICO: Ferver em 1 xícara de água um pouco de erva dessecada. Filtrar e adoçar, beber à tarde.
EXCITAÇÃO NERVOSA: Banho - Ferver por ½ hora uma panela com água, 500 gr de erva dessecada. Filtrar e colocar a poção na água necessária para um banho.
FÍGADO: Decocção - Ferver 15 gr da planta dessecada em 1 xícara de água já quente. Filtrar e adoçar. Beber antes de deitar-se.

ERVA GATO Nepeta cataria - Labiadas
Medem aproximadamente 40 ou 60 cm de altura, folhas codiformes e flores pedunculadas, reunidas em espiga e com a corola em azul.
ESTÔMAGO (câimbras) - Infusão - Colocar 5 gr de sumidades floridas em 1 xícara de água quente depois filtrar e beber morno.
EXCITAÇÃO NERVOSA - INSÔNIA: - Infusão - Mesmo procedimento do estômago, tomar antes de deitar-se.
HIDROPISIA: - Infusão - ferver 1 litro de água, adicionar 20 gr de sumidades floridas, deixar o líquido aromar e filtrar.
MENSTRUAÇÃO DOLOROSA: - Fazer um chá e tomar durante a noite.

ERVA RUGININA Aspenium trichomanes - Polipodiáceas - Itália
Possuem caule grosso, as folhas medem de 10 a 20 cm de comprimento e seus bordos são denteados.
Expectorante e descongestionante.

ESCALLONIA ILLIMITA Saxiffragáceas - América do Sul
Possuem folhas denteadas e viscosas devido a um líquido que as recobre. As flores brancas reúnem-se em espigas. Eficaz contra as afecções do Fígado.
FÍGADO (Disfunções) - Decocção - Ferver por 10 minutos, 20 gr de Escallonia em ½ litro de água. Filtrar o líquido e beber durante o dia.

ESPINAFRE Spinacea oleracea - Quenopodiáceas
Descrição desnecessária, pois é altamente conhecido. É benéfica aos anêmicos.

ESPINHEIRO ALVAR Crataegus oxyacanthia - Rosáceas pomoideas
Suas folhas possuem pecíolos longos, bordos denteados, as flores são levemente perfumadas e brancas.
ANTIESPASMÓDICO - INSÔNIA - VERTIGENS: Infusão - 20 gr de álcool à 70º. Após uma semana colocar o líquido em um conta-gotas. A dosagem é de 40 gotas diluídas em um pouco de água à noite ante de deitar-se.
CORAÇÃO (Arritmia) Infusão - Em uma pitada de flores colocar 1 xícara de água quente. Tomar duas vezes ao dia.
ÚTERO: Infusão - Contra as câimbras uterinas, é eficaz, uma infusão de flores de Espinheiro Alvar dessecada, na dose de uma colher em 1 xícara de água quente. Adoçar com mel e tomar morno ou quente.

ESTACA DE CAVALO Gratiola officinales - Escrofulariáceas
Apresenta caule reto, folhas opostas, lanceadas e denteadas. As duas flores são pedunculadas, tubulosas, solitárias e axilares de cor branca ou rosa.
PROPRIEDADES: - é utilizada para fazer febrífugos, diuréticos, purgantes, porém a Estaca de Cavalo é uma erva venenosa, por isso sua prescrição deve ser feita por um médico.

EUCALIPTO Eucaliptus globelus - Mirtáceas - Austrália
É pouco frondoso, possui folhas alternas, duras, coriáceas, persistentes, lanceadas, suas folhas solitárias ou reunidas são de um verde amarelado. O seu fruto consiste em uma baga dura.
PROPRIEDADES: Febrífugos, anti-séptico, sedativo, antiasmático, desinfetante e estomáquico.
ASMA: (Fumaça) - Colocar algumas folhas secas sobre uma chapa de ferro quente; e aspirar a fumaça.
BOCA (Estomatite): - Decocção - Preparar uma decocção com 20 gr de folhas em 1 litro de água e ferver por 2 minutos, filtrar e usar para fazer bochechos.

F
FALSA ACÁCIA Acacia farnesiana - leguminosas - Americana
Apresenta folhas opostas, impares, de cor verde brilhante, possuem espinhos agudos. Suas flores são brancas e muito perfumadas. INTESTINO - (Diarréia) - Infusão - colocar 10 gr de folhas secas em 100 gr de água quente. Filtrar o líquido quando estiver morno. Beber morno.
FARELO
O Farelo é o conjunto de resíduos de moagem de cereais, contém celulose e substâncias azotadas. O Farelo também merece um lugar de honra entre os medicamentos e refrescantes. É benéfico aos intestinos e as peles ressecadas.
INTESTINO - (Colite) - Decocção - Ferver por ½ hora em 3 litros de água 25 gr de Farelo, 20 gr de Cevada, e 20 gr de Aveia, tudo bem moído. Filtrar o líquido e beber durante o dia, por 7 dias.
PELE: (Irritação) - Ferver 60 gr de Farelo em 3 litros de água e coar o líquido , colocando-o na banheira juntamente com água quente, usar o líquido para lavar as partes atingidas.

FAVA Vicia faba - Leguminosa
Planta de horta, possui a semente reunida em vagem grossa, comestível, de sabor agradável.
PARANÍCIOS: - Banho - Deixar em uma xícara de água quente um pouco de folhas frescas ou secas de Fava. Quando a água estiver quente imergir o dedo doente e deixá-lo até que a água fique morna.

FAVA DE SANTO INÁCIO Strychnos ignatii - Loganiáceas - Índias Orientais
É eficaz contra os paranícios.

FEITO DOCE OU POLIPÓDIO Polypodium vulgare - Polipodiáceas
Apresentam folhas lanceadas, bipinadas e cobertas por lanugem leve.
FÍGADO (Icterícia) - INTESTINO (Prisão de Ventre) - Decocção - Ferver 20 gr de raiz em ½ litro de água. Filtrar o líquido adoçá-lo e beber antes de deitar.

FETO MACHO Polistichum filixmas - Polipodiáceas
Possuem as folhas longas podendo atingir 1 metro ou mais de altura, são denteadas e levemente pilosas.

TENÍFURGO: Reduzir a pó um pedacinho de Rizoma com cerca de 10 gr. colocar o pó em um pouco de água e beber o líquido em jejum. Após 6 horas tomar um purgante.

FICÁRIA Ficaria ranunculoides - Itália
As folhas codiformes possuem pecíolo longo e são sulcadas por veias finas e evidentes. As flores de 9 pétalas brancas são frágeis e florescem na primavera.

HEMORRÓIDAS: - Colocar em infusão 100 gr de folhas de Ficária em 1 litro de água quente. Em seguida expor a região afetada aos vapores quentes.

FIGUEIRA Ficus carica - Moráceas
É uma árvore ramificada, folhas grandes, palmadas ou codiformes, ásperas e com muito Látex. O leite do Figo faz desaparecer calosidades e verrugas e também clareia sardas.
CALOSIDADES E VERRUGAS: - Banhar a calosidade com leite de Figo, até que estejam moles e se destaquem sozinhos com ajuda de banhos de água quente.
SARDAS: - Espremer de 1 folha ou de um Figo verde algumas gotas de Látex e aplicá-la sobre as sardas 1 vez por dia.
PICADAS DE ABELHAS: Para aliviar a dor provocada pela picada de abelha, deve se banhar a parte atingida com um pouco do leite da planta.

FLOR DE LIS Centaurea cyanus - Composta
Possui 40 cm de altura, haste reta, recoberta de pelo branco, folhas finas, lineares e pontiagudas. As flores são dispostas em capítulos, com pétalas delicadíssimas.
BRÔNQUIOS (Catarro) - Decocção - Ferver 30 gr de folhas e flores dessecadas em 1 litro de água. Filtrar e adoçar, a decocção. Deve ser ingerida em xícaras no decorrer do dia.
OLHOS (Conjuntivite) - INFLAMAÇÕES: - Compressas - Preparar uma infusão com 20 gr de flores e ½ litro de água. Quando o líquido estiver morno, filtrar e fazer compressas.

FREIXO COMUM Fraximus ornus - Oleáceas
Possui tronco reto e liso, ramos ralos, folhas compostas, pequenas, oblongas e denteadas nos bordos.
DIURÉTICO: Raspar e cortar 2 punhados de raízes de Freixo, imergindo-os em 2 litros de água em ebulição. Em fogo brando deixar ferver até secar a metade da água. Filtrar e tomar pela manhã em jejum.
FEBRE: - Decocção - Ferver 50 gr de casca de Freixo em 1 litro de água e beber pela manhã.
GENGIVITE: - Para fortificar a gengiva, mastigar lentamente 1 folha de Freixo pela manhã.
INTESTINO (Prisão de Ventre) - Infusão - Colocar em infusão 15 gr de folhas de Freixo em 250 gr de água. Filtrar o líquido e adoça-lo e beber lentamente, mais de uma vez.

FREIXO ORNIELO Fraxiuns excelsior - Oleáceas - Itália - dos Alpes aos Alpinos
A casca do tronco é cinza, e a dos ramos é verde. As folhas são ímpares e suas flores amarelas reúnem-se em racemos compostos.
INTESTINO (Prisão de Ventre) - LAXATIVOS PARA ADULTOS - de 35 a 60 gr de maná dissolvidos em leite bem quente.

FÚCSIA: Fuchia macrostemma - Onagrariuáceas - Chile
Tem menos de 80 cm de altura, folhas ovais lanceadas, de cor meia verde e flores violáceas pendentes.
INTESTINO (Inflamação) - MENSTRUAÇÃO DIFÍCIL: - Infusão - Colocar em infusão 10 gr de flores e folhas de Fúcsia em 1 xícara de água quente. Após 5 minutos, filtrar o líquido, adoça-lo e bebê-lo.

FUMÁRIA Fumaria officinalis - Papaveráceas
É uma árvore anual, com haste de cerca de 50 cm de altura, os ramos possuem folhas azuladas, pecioladas e denteadas. As flores possuem corola de 4 pétalas e reúnem-se em espigas terminais.
DEPURATIVO - DIURÉTICO: - Infusão - Colocar em 200 gr de água quente, 20 gr de sumidades floridas. Filtrar o líquido, adoça-lo com mel, beber durante 15 dias seguidos.
INTESTINO (Inflamação e Infartes Intestinais) - Infusão - Colocar em infusão 100 gr de sumidades floridas em 20 gr de água quente. o líquido após ser filtrado deve ser adoçado. Tomar 1 xícara desta poção à noite.
PELE (Erupção Cutânea) - Infusão - Colocar em infusão por ¼ de hora em 1 litro de água. Lavar a pele afetada com este líquido.

FUNCHO Foeniculum officinalle - Umbelíferas
Possui raiz lenhosa e caule cespitoso, os ramos com ramificações finas são cilíndricos. As flores amarelas reúnem-se em umbrelas terminais e solitárias.
ASMA: - Comprar na farmácia o óleo de essência de Funcho e colocar algumas gotas sobre um torrão de açúcar, dissolver lentamente na boca, isso acalma os ataques de asma.
DIURÉTICO: - Infusão - Ferver 1 litro de água, colocar 30 gr de raiz de Funcho, deixando o líquido amornar. Filtrar e adoçar o líquido e beber durante o dia.
MENTRUAÇÕES DIFÍCEIS - Infusão - Colocar em infusão 30 gr de sementes de Funcho em 1 xícara de água.
TOSSE: - Infusão - Ferver 1 xícara de leite e colocar 1 colher de sementes de Funcho. Deixar em infusão de 10 minutos, depois filtrar o leite, adoçar com mel e beber antes de deitar-se.

G
GALEGA Galega officinallis - Leguminosas
Folhas verdes ímpares, flores em cachos terminais que desabrocham na primavera.
FISSURAS DO SEIO - AMAMENTAÇÃO: - Infusão - Triturar 20 gr de Galega e colocar em 1 litro de água. Em seguida filtrar e adoçar. Beber durante o dia.

GENCIANA Gentiana lutea - Gencianáceas
Possui raízes nodosas, grossas e ramificadas, pontiagudas e brevipecioladas, caule reto, simples e fistoso. Sua flores possuem uma cor amarelo vivo.
ESTÔMAGO: - Infusão - 5 gr de raiz de Genciana, 4 gr de raiz de Quina, 5 gr de Nóz-vômica. Colocar tudo em 1 litro de água fria e deixar por 5 horas. Filtrar o líquido e consumi-lo logo após às refeições.
SARDAS: - Infusão - Ferver 1 xícara de água e colocar em infusão 5 gr de raiz de Genciana. Empregar o líquido para lavar a parte atingida, isto servirá para clarear as sardas.
VERMES: - Decocção - Deixar por 10 dias em 1 ½ litro de aguardente, 30 gr de raiz de Genciana, 5 gr de Ruibarbo, 15 gr de sumidades floridas de Losna e 2 gr de Açafrão. Preparar um xarope com 350 gr de açúcar refinado e 165 gr de água. Ferver os ingredientes e filtrar em seguida. A dose necessária para eliminar os vermes na criança é ½ colher.

GENGIBRE Zingiber officinallis - Zinziberáceas - Países Tropicais
Possui odor aromático e sabor picante.
PROPRIEDADES: - Estomáquicas, carminativas e descongestionantes, mas só deve ser utilizado sob prescrição médica.

GERÂNIO ROBERTO Geranium robertianum - Geraniáceas - Estado Silvestre
Apresenta folhas poligonais, de cor verde escura e cheiro repugnante. Adstringente e Descongestionante.
BOCA:(Inflamação) - GARGANTA: - Decocção - Ferver 60 gr de folhas em 1 litro de água e empregar o líquido filtrado, morno e adoçado com mel para fazer gargarejos.
CHAGAS E ULCERAÇÕES: - Cataplasma - Aplicar algumas folhas esmagadas sobre a região afetada, enfaixar com gazes, fazer isto 2 vezes ao dia.

GIESTA Cytisus scorparius - Leguminosas
Tem haste reta com numerosos ramos flexíveis. As folhas são sedosas e trifoliadas, as flores são grandes e de um belo amarelo-ouro.
ABSCESSOS: - Cataplasma - Fazer um cataplasma com o líquido da Giesta e colocar sobre o abscesso, em breve amaducerá.
BEXIGA: - Colocar em 1 litro de água 2 punhados de flores de Giesta, filtrar e tomar 1 cálice antes das refeições.
FÍGADO, OBSTRUÇÃO: - Decocção - Ferver por 2 minutos em 1 litro de água, 20 gr de flores de Giesta. Tomar 3 vezes ao dia.
NEFRITE: - Ferver por 3 minutos em 1 litro de água, 30 gr de flores de Giesta. Filtrar o líquido e beber 2 xícaras por dia.

GIRASSOL Halinthus annuus - Composta tibifloras - México e Peru
Possui haste reta, tubilosa, folhas largas, oval e lanceadas. As flores de pétalas amarelas, em seu centro nasce as sementes de Girassol, que serve de alimento à Papagaios e Periquitos. Também é feito óleo comestível.
EXCITAÇÃO NERVOSA - HEMICRANIA: - Infusão - As semente de Girassol, torradas, moídas e usadas em lugar do café dão uma bebida particularmente adaptada para acalmar as pessoas em estado de tensão e de excitação nervosa.
RESFRIADO: - Colocar em 20 gr de álcool a 60º por 10 dias, 2 gr de folhas secas de Girassol.

GLADÍOLO Iris germanica - Iridáceas
Possui folhas retas, lineares, reunidas em céspedes. As flores são grandes e violáceas, possuem seis pétalas.
ASMA: - Decocção - Ferver em 350 gr de água, 5 gr de Gladíolo, 5 gr de Alcaçuz, 5 gr de Anula. Deixar as ervas em infusão por 5 minutos, depois é só filtrar, adoçar e beber.
VÔMITO: - Decocção - Para parar a náusea e o vômito, cozinhar por alguns minutos, 40 gr de Rizoma em 1 litro de água. Deixar esfriar e tomar de 3 a 4 xícaras ao dia.

GLOBULÁRIA Globularia vulgaris - Globulariáceas
Aproximadamente de 10 a 12 cm, suas folhas caulinares alternas, lanceadas. As flores são muito pequenas e sésseis.
DIURÉTICO: - Decocção - Ferver por 5 minutos 5 gr de folhas de Globulária em 200 gr de água. A decocção morna, filtrada e adoçada deve ser consumida na base de 4 xícaras ao dia.
INTESTINO (Prisão de Ventre) - Decocção A noite antes de deitar-se, beber uma decocção quente preparada com uma pitada de folhas de Globulária (15 gr), fervidas em uma xícara de água.

GRAPE FRUIT Citrus decumana - Rutáceas - Asiática
Possui folhas largas, de uma cor verde intensa, seu fruto e grosso e redondo.
PROPRIEDADES: - O suco deste fruto é recomendado à pessoas fracas, aqueles que necessitam de alimentos leves mais nutritivos.

H
HAMAMÉLIS Hammamelis virginiana - hemamelidáceas - América do Norte
Apresenta ramos ralos. As folhas são abertas brevicioladas, ovais, cobertas de lanugem e exalam um agradável aroma, suas flores são amarelas.
PROPRIEDADES: - É ótima para descongestionar feridas e limpar a pele, seu fluído é vendido em farmácia, mas é desaconselhável sem prescrição médica.

HERA Hedera helix - Curaliáceas
Possui folha persistente e alternas com longos pecíolos, de um belíssimo verde brilhante.
CALOSIDADES: - Cataplasma - Esmiuçar um punhado de folhas de Hera, e deixá-la em 1 cálice de vinagre por 2 dias. Dispor um pouco de folhas sobre uma gaze e prender estreitamente a calosidade.
FURÚNCULOS: - Cataplasma - Colocar algumas folhas de Hera e aplicar o Cataplasma com uma gaze sobre a região afetada, isso alivia a dor.
QUEIMADURAS: - Ferver 10 gr de folhas de Hera em 2 litro de água. Quando a poção estiver morna estender as folhas sobre uma gaze e esta sobre a queimadura.

HERA TERRESTRE Glechoma hederácea - Labiadas - Itália Setentrional
Possui caule prostrado com 30 cm de comprimento. Folhas pecioladas e ásperas, redondas ou codiformes. Suas flores lilases ou brancas, possuem 5 pétalas. É eficaz contra a tosse e bronquite.
MODO DE PREPARAR: Infusão - 20 gr de folhas de Hera Terrestre em 1 litro de água quente. Filtrar o líquido após 10 minutos, bebendo-o adoçado com mel durante o dia.

HELIOTRÓPIO PERUVIANO Heliotropium perivianum - Boragináceas - Peru
Suas folhas são ovais e sulcadas de veias. As flores desabrocham nas extremidades das hastes brancas e perfumadíssimas. Eficaz contra a febre persistente.
MODO DE PREPARAR: - Ferver 20 gr de folhas em ½ litro de água. filtrar o líquido e tomar 1 xícara pela manhã em jejum.

HIDRANGEA Hydrangea arborescens - Saxifragáceas - Indígena da América do Sul
PROPRIEDADE: é diurética, seu fluido encontra-se nas farmácias, mas só deve ser usado sob orientação médica.

HIDRASTE Hydrastes canadensis - Ranunculáceas - Estados Unidos e Canadá
Possui numerosas raízes cinzentas e amarelas, rizoma nodoso, folhas palmadas, flores avermelhadas.
CATARROS - HEMORRAGIAS UTERINAS HEMORRÓIDAS: - Decocção - Ferver 60 gr de raiz de Hidraste em 1 litro de água. Filtrar o líquido quando estiver morno, adoçá-lo e beber de 3 a 4 xícaras ao dia.

HORTELÃ Mentha piperita - Labiádas
Possui 60 cm de altura, folhas ovais, serrilhadas, pubescentes, aromáticas. As flores reúnem-se em espigas terminais, cilíndricas, constituídas por 5 pétalas de cor rosa.
PELE (Prurido) - Cataplasma - Amassar alguns ramos frescos de Hortelã e aplicá-lo à região atingida.
MAU-HÁLITO: Infusão - Em 1 litro de vinho branco colocar 30 gr de folhas de Hortelã e algumas folhas de Arruda. Deixar por 48 horas, filtrar e usar a poção para bochechos.
VÔMITO: Infusão - Colocar um pouco de folhas secas de Hortelã em 1 xícara de água quente, filtrar e adicionar açúcar, bebendo em seguida.

I
IMPERATÓRIA Peucedanum ostruthium - Umbelíferas - Europa
Possui caule reto, com cerca de 20 cm de altura, folhas em rosetas, terminais em rosetas esbranquiçadas, reunidas em umbelas.
GRIPE - NELVREGIA - RESFRIADO: - Infusão - Ferver Uma xícara de água e colocar 10 gr de raízes de Imperatória cortada em pedaços. Após 5 minutos beber adoçado com mel.

IPECACUANHA VERDADEIRA Cephaelis ipicacuanha - Rubiáceas - Peru, Brasil, Colômbia
Suas raízes se assemelham com um verme, mascarados por anéis ásperos e freqüentes.
BRÔNQUIOS (Catarro) - Para provocar a expectoração, reduzir a pó em pedaço de Ipecacuanha Verdadeira e administrar 0,01 gr em uma hóstia, 1 vez ao dia.
VÔMITO: - Quando necessário provocar o vômito, administrar 0,30 gr de raiz reduzida a pó. Repetir a dose após 15 minutos.
HEMOPTISE (Hemorragia) - Infusão - Colocar 1 gr de pó de raiz de Ipecacuanha em 10 gr de água quente bebendo em seguida.

J
JUJUBEIRA Ziziphuz vulgaris - Rammáceas - China
Seus ramos são desiguais e também tortuosos, folhas alternas, ovais e serrilhadas. As flores são brancas ou amarelas. Reúne-se em 3 ou 6 pecíolos axilares curtos. Os frutos são pequenos com formato de azeitonas.
BRÔNQUIOS (Catarro) - TOSSE: - Decocção - Ferver por 20 minutos 40 gr de frutos em meio litro de água. Filtrar o líquido adoçá-lo com bastante me e beber uma xícara à noite.
DIURÉTICO - BEXIGA (Catarro): - Decocção - Ferver uma colher de frutos em uma panela de água. Filtrar e beber a poção à noite.

L
LARANJEIRA Citrus auratium - Rutáceas - Índias Orientais
Atinge de 2 a 5 metros de altura. As folhas exalam um aroma agradável. Suas flores são brancas e perfumadas.
ESTÔMAGO: - Decocção - Colocar em uma vasilha três gr de flores de Laranjeira e de Camomila misturadas em um pouco de água quente. Filtrar e adoçar com uma colher de mel, depois tomar uma xícara a cada 30 minutos.
EXCITAÇÃO NERVOSA: - Infusão - Colocar em 1 xícara de água quente duas gr de folhas de Laranjeira. Coar e adoçar com mel antes de beber.
INSÔNIA (Crianças): - Infusão - 15 gr de flores frescas de Laranjeira, ou cinco gr de flores secas em 10 gr de água quente. Coar, adoçar e dar às crianças antes de se deitarem.

LARIX Larix decidua - Coniferas
Pode chegar a atingir alturas de até 30 metros. Possui a casca cinzenta e fedida. Os ramos dispõem-se em pirâmides e as folhas são aciduladas. Os frutos consistem em uma pinha ovóide.
ASMA - BRONQUITE - GARGANTA IRRITADA - ROUQUIDÃO - TOSSE: - Sufumigação - Colocar algumas gotas de essência de Terebintina em uma bacia pequena com água quente, depois se colocar sobre o recipiente com uma toalha sobre a cabeça para aspirar os vapores.

LARREIA Larrea nitida - Zigoliláceas - Andes e Peru
Arbusto com 2 metros de altura, possui folhas opostas, dispostas em 5 ou 8 pares de folíolos lineares, flores amarelas e frutos em cápsula. PROPRIEDADES: É utilizada em banhos contra o reumatismo.

LENTILHA Ervum lens - Leguminosas
Apresenta folhas compostas, suas flores são brancas em cachinhos e seus frutos são vagens contendo várias sementes.
GLÂNDULAS INFLAMADAS - ORELHÕES (Parotite): - Cataplasma - Prepare uma papinha com farinha de Lentilha e água, cozida por alguns minutos. Colocá-la sobre uma gaze a aplicá-la sobre a região afetada.
INTESTINO (Diarréia) - PRISÃO DE VENTRE: - Decocção - Ferver 20 gr de vinho branco com 30 gr de Lentilha. Filtrar e beber a decocção duas vezes ao dia.

LILÁS Syringa vulgaris - Oleáceas
É uma árvore com caule reto e ramoso, folhas vagamente cordifórmes e flores reunidas em grandes espigas de cor lilás e branca.
FEBRE: - Decocção - Ferver 60 gr de casca ou flores em 1 litro de água. Filtrar o líquido e consumir durante o dia.
REUMATISMO ARTICULAR: - Linimento - Coletar 200 gr folhas de Lilás, esmagá-las e depois macerar por 15 dias em 100 gr de azeite. Filtrar apertando bem as flores através de uma peneira, empregar para esfregar as partes doloridas.

LIMÃO Citrus limonum - Rutáceas - Índia
Os ramos e folhas jovens são de cor avermelhada violáceo. As folhas assemelham-se muito com as da laranjeira, brancas e rosadas. Os frutos se apresentam oblongos.
ÁCIDO ÚRICO - GOTA: Espremer em meio cálice de água o suco de 3 Limões e beber esta dose pela manhã em jejum. A cura deve durar 10 dias e depois parar por sete dias e assim sucessivamente.
BOCA (Inflamações) - ESTOMATITE: - Colutório - Espremer o suco de 2 Limões em 1 cálice e diluí-lo com uma colher de água morna. Usar o líquido para fazer bochechos.
ESTÔMAGO: - Infusão - Preparar uma infusão de Camomila e colocar uma fatia de Limão com casca. Beber enquanto estiver morno.
FERIDAS: Limpar as feridas com suco de Limão, aplicando em seguida um medicamento e depois enfaixar.
HEMICRANIA: - Em 1 xícara de café colocar um pouco de chá de Camomila juntamente com o suco de ½ Limão e beber em seguida (com pouco açúcar).
METABOLISMO: - Quando o metabolismo estiver alterado é benéfico o suco de 1 Limão misturado a um pouco de mel, bebido pela manhã em jejum por vários dias.
NEVRALGIA: - Com a metade de um Limão friccionar a parte dolorida. Repetir o processo várias vezes ao dia.
REUMATISMO: - Infusão - Colocar o suco de um Limão em 1 cálice de água. Ferver até que o líquido fique pela metade, beber pela manhã em jejum.
URINA: - Para aumentar a secreção urinária durante os estado febris dar ao doente uma limonada quente e adoçada, porém se a febre for acompanhada de diarréia, não aplicar o medicamento, pois só aumentaria o distúrbio intestinal.

LINHO Linium usitatissium - Lináceas - Egito
Possui folhas esparsas inumeráveis. As suas flores são pecioladas e com a corola de cinco pétalas de cor azul. Os frutos constituídos por cápsulas globulosas.
ABSCESSOS: - Ferver um pouco de água, colocar 60 gr de Farinha de Linho, misturar e deixar ferver por 1 minuto. Colocar a papinha sobre um tecido dobrado e cobrir com uma gaze, aplicar morno.
BEXIGA: - (Inflamações) - Infusão - Em uma xícara aromatizada com uma casca de Limão, colocar em infusão uma colher de Linho (só a semente). Tomar o líquido pela manhã e à noite.
BRÔNQUIOS - (Catarro, Inflamações) - Infusão - Colocar em 1 xícara de água quente, 1 colher de semente de Linho. Filtrar e beber morno antes de deitar-se.
COLITE: - Colocar à noite uma colher de semente de Linho em 1 cálice de água, e pela manhã beber tudo.
ENTERITE: - Infusão - Colocar á noite, um pouco de sementes de Linho em 1 xícara de água e pela manhã beber em jejum.
QUEIMADURAS: - Linimento - Misturar em partes iguais, óleo de Linho e água de Cal. Obtida a emulsão, untar as partes queimadas e enfaixar.

LÍRIO BRANCO Liliáceas - Ásia
Chega a atingir até 1 metro de altura, possui grosso tubo escamoso e haste reta que terminam em cachos de flores brancas.
PROPRIEDADES: - Usadas para Abscessos, Furúnculos, Calos e Calosidades. TINTURA - Deixar um pouco de pétalas por uma semana em 100 gr de aguardente. Filtrar e conservar num vidro. Aplicar diariamente sobre a região atingida.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ervas e Curas II pt 1
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Descrição] Pilulas e Acessórios Médicos
» Equipamentos Sobrenaturais Diversos
» [Pedidos] Reajustes e Atualizações

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hogwarts :: Livros :: Livros :: Herbologia-
Ir para: